7 Desafios de SEO Que Você Terá Se For Usar Criadores de Sites

7 Desafios de SEO Que Você Terá Se For Usar Criadores de Sites

Provavelmente se você usa algum sistema de criação de sites já teve desafios de seo que teve que superar…

Na internet do Brasil hoje existem diversos serviços que permitem criar páginas eletrônicas com poucos cliques.

Normalmente, eles dispensam programação e fornecem interface intuitiva para que até leigos coloquem no ar seus projetos em poucos minutos – esses serviços são conhecidos como criadores de site.

Entre os nomes mais populares estão WIX, Site123, Weebly, WordPress. Muitos deles, aliás, além de criadores de páginas eletrônicas, oferecem, muitas vezes, hospedagem – para mais informações, você pode acessar esse site. Entretanto, a facilidade de uso tem alguns poucos ônus. O principal deles é o SEO.

Quando você recorre a criadores de sites para desenvolver o SEO, pode, eventualmente, ficar amarrado ao sistema. Com isso, não consegue implementar recursos que deixariam suas páginas mais amigáveis ao Google, Bing ou outros buscadores populares.

É possível contornar as limitações com alguns truques simples, tanto no desempenho do site em si como com algumas métricas de SEO – em especial, redação de seus artigos. E aí, não importa a área que você vai atuar: pode ser na criação de uma loja virtual, no desenvolvimento de um site de conteúdo jornalístico ou uma página institucional, as dicas são as mesmas.

A seguir, apontamos 7 desafios de seo mais comuns que criadores de sites podem apresentar quando o assunto é SEO e a forma mais simples e rápida de resolver. Alguns deles, inclusive, podem ser evitados antes mesmo de você começar a construir seu “projeto eletrônico” – e isso, como perceberá, evitará muita dor de cabeça posterior.

como melhorar o seo do meu site1. Hospedagem lenta

Antes mesmo de pensar em um criador de sites, escolha com muito cuidado e carinho seu provedor de hospedagem e o plano a ser assinado. Este é um dos principais desafios de seo que você deve pensar. Isso porque a velocidade em que ele carrega será determinante para ter notas boas em buscadores – e, obviamente, em especial no Google. 

Além disso, se seu provedor de hospedagem viver derrubando seu site, isso conta como nota negativa para o SEO. Excesso de audiência, arquivos pesados e outros itens também podem deixar seu projeto fora do ar (e isso está ligado, também, à hospedagem, que pode dar mais ou menos recursos, de acordo com o que você precisa).

Então a dica aqui para evitar hospedagem lenta é pesquisar antes de fechar algo. Nem que seja uma hospedagem gratuita, vale a pena pesar prós e contras de um host antes de contratar

Entre nas redes sociais das empresas de hospedagem e analise os comentários dos clientes. Facebook e Twitter tendem a dar bons retornos a clientes em dúvida. O site Reclame Aqui tende a ser um ótimo aliado nesse sentido.

2. Registro de Domínio amador

Ainda antes de começar a usar seu criador de sites para montar suas páginas eletrônicas, é importante pensar no nome que seu projeto terá. Feito isso, registre o domínio .com.br e, se tiver possibilidade, extensões adicionais, como .com. 

Alguns criadores de site – principalmente os gratuitos – oferecem domínios com o sufixo do serviço. Assim, o que temos é “nome-do-seu-site.nome-do-criador-de-site.com.br”. Buscadores, como o Google entendem que não se trata de um projeto profissional e tende a baixar nota. 

Logo, antes de tudo, escolha bem e registre um domínio. Veja se o serviço de criador de site tem suporte a ele. Se tiver, o segundo passo está dado. 

3. Plugins antigos ou desatualizados

Com seu site no ar, já com hospedagem e registro redondos, é hora de pensar em questões técnicas. E, novamente, voltamos aqui ao desempenho e à velocidade do seu projeto.

Ao desenvolver páginas com criadores de sites, muitas vezes, recorre-se a plugins para facilitar o dia-a-dia. Há muitos muito, muito bons – por exemplo, os de criar e gerenciar fóruns na internet, os de sistema de contato, de otimização de e-mails, de versões AMP ou mobile do site. 

Acontece que, se os plugins são uma mão na roda para realizar determinadas funções, eles também pesam no site e podem torná-lo lento. Outra preocupação é quem, se ficarem desatualizados, isso também interfere na segurança do seu projeto eletrônico.

A solução aqui é simples: mantenha-os atualizados e se desfaça dos que não tem serventia. Com essa parte de seu site em dia, o desempenho e a segurança aumenta e sua nota no Google também.

4. Imagens pesadas 

As imagens são um recurso de apoio para qualquer site. Entretanto, de acordo com a forma como são usadas, podem se tornar vilãs do SEO de qualquer criador de sites. 

Antes de publicá-las, é importante deixá-las o mais leve possível e em formatos mais bem quistos pelos buscadores. 

Em geral, com entre 70k e 100 k têm uma boa resolução quando o assunto é internet. Só use tamanhos maiores em casos específicos ou especiais (por exemplo, se seu negócio for fotografia). 

Quanto aos formatos, há muitas limitações – principalmente quando o assunto são criadores de site, que só aceitam alguns. Se houver poucas opções no seu, JPEG é o mais certeiro. Se conseguir recorrer a WebP, prefira.

Você pode usar sites ou plugins para fazer o encurtamento de imagens pra você.

5. Textos mal formatados

Essa dica depende menos do seu criador de site do que do seu bom senso – entretanto, muitos sistemas de gerenciamento de conteúdo (chamados de CMS) não oferecem boas ferramentas para aferir a redação SEO. 

Se esse for o caso, alguns plugins podem te ajudar nesta tarefa. Um dos mais famosos é o Yoast SEO. 

De qualquer forma, antes, durante e depois de escrever seu texto, pense e cumpra o checklist. Escolha a palavra-chave e sempre deixe-a em negrito. Não exagere no uso e nem coloque a ocorrência de menos (o Yoast, citado ali em cima, te ajuda a saber o número ideal).

Insira links relacionados ao assunto de dentro de seu texto – tanto que façam referência a outras páginas de seu site como a de outras plataformas famosas e bem respeitadas.

O tamanho do texto varia de acordo com o perfil de seu site – mas boa parte dos especialistas em SEO indica algo em torno de entre 500 e 1.000 palavras. Use intertítulos e, se possível, tabule informações por números ou bullet points. 

Capriche no português. Atualize com frequência seu site – mesmo se for uma página estática, corporativa ou empresarial, vale criar uma seção de textos, como um blog. 

6. Imagens sem descrição

Já falamos da importância da imagem no SEO anteriormente, mas deve-se olhar para elas com cuidado quando o assunto é, também, conteúdo (e não somente forma ou peso). 

Ao publicar fotos, não esqueça de colocar legendas e demais informações a respeito dela. Esses dados influenciam no SEO. De acordo como forem usados, seu site pode aparecer em destaque em buscadores específicos de fotos – como o Google Imagens.

7. Pouca integração com o Google

Alguns criadores de sites têm ferramentas específicas e sistemas que não conversam com diversos serviços do Google. É importante pensar e analisar isso antes de escolher o seu.

Como mais de 90% das buscas realizadas no mundo são com o motor de busca do Google, é importantíssimo desenvolver sua plataforma de modo a usar plenamente as recomendações dele.

Ele oferece APIs que facilitam sua vida – cheque se seu criador de sites oferece suporte a elas.

Por exemplo, inclua sua página no Google Maps ou Google Meu Negócio. Crie uma versão mobile do tipo AMP. Meça o desempenho delas (desktop, mobile) no Google PageSpeed InSights (que, inclusive, te dá dicas de como melhorá-las). 

Conclusão sobre os desafios de seo

Com essas dicas de SEO, você conseguirá extrair o melhor de criadores de sites e, ao mesmo tempo, não ficará preso a problemas comuns de SEO. Agora, é colocar a mão na massa. 

Gostou do artigo sobre como minimizar os desafios de seo que você terá em seu criador de sites? Se gostou deixe seu comentário abaixo.

Avatar for Jader Tormen
Criei este site com a intenção de mostrar as melhores ferramentas, estratégias, vídeos, dicas e conteúdo sobre marketing digital! Redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
Quer Vender Mais Online Com Blogs?
Coloque Seu Email Abaixo Para Receber Nossas Dicas

INSCREVER GRÁTIS 
Suas informações estão seguras!
close-link

Gosta de Marketing Digital?

Se Você Respondeu Sim, Coloque Seu E-mail Abaixo e Receba  As Melhores Dicas!
Quero Vender Online
close-link
Click Me