As 3 Etapas Simples de Como Criar Seu Primeiro Curso Online

As 3 Etapas Simples de Como Criar Seu Primeiro Curso Online

Criar cursos online pode ser uma ótima maneira de aumentar sua renda online e manter seus projetos digitais.

Você gasta muito tempo Na criação de conteúdo de qualquer maneira, juntar seu conteúdo em um curso para os seus leitores parece ser o próximo passo lógico.

No entanto, o pensamento de criar um curso online completo pode ser esmagadora para dizer o mínimo. Quanto tempo deve investir? O que você deve incluir? Onde você deve colocar o curso?

Criar o seu próprio curso on-line não precisa ser algo difícil se você tomar um momento para olhar para os 3 principais passos antes de começar.

1. Decidir para quem é o seu curso

… o que eles querem atingir ( seus objetivos ) e quais suas objeções ( quais problemas seu curso irá solucionar ).

O maior problema que vejo quando as pessoas criam seu primeiro curso é que elas tentam torná-lo algo muito amplo.

Antes de começar a montar o conteúdo ou criar vídeos, levará algum tempo para ficar realmente claro sobre exatamente sobre o que você está querendo fazer , e o que eles querem aprender durante o seu curso.

Pergunte a si mesmo algumas perguntas simples antes de começar a criar cursos online:

  • Quem é a pessoa que vai comprar isso?
  • O que eles já sabem?
  • O que eles querem aprender durante este curso?
  • Quando de conhecimento técnico estes têm?
  • Quanto tempo livre eles têm?
  • Qual é o seu tipo de personalidade?

Quanto mais perguntas você perguntar sobre a pessoa que vai comprar o seu curso ( seu público-alvo ), e o que eles já sabem, mais fácil será pra você construir o seu curso.

Agora, quando você começar a pensar sobre quanto tempo seu curso deve ter, a resposta torna-se “quanto tempo que o seu público quer que seja?” Ou “Por quanto tempo você precisa ensiná-los para eles obterem os resultados que querem atingir?”

2. Como você irá entregar seu curso?

O conteúdo é uma coisa, agora você precisa decidir sobre o melhor meio para entregar seu curso.

É de vídeo? Com o seu rosto para a câmera? Somente conteúdo em texto? Ou compartilhamento de sua tela?

É de áudio?

Talvez seus clientes precisem de PDFs e informações para download?

Comece com o seu público-alvo em mente e realmente pense sobre como eles querem consumir a informação.

Eles são susceptíveis de estar fazendo o curso em transportes públicos no caminho para o trabalho de manhã? Se assim for, o áudio poderia desempenhar um papel importante em seu curso. É muito mais fácil de ouvir algo em movimento do que focar no vídeo.

O seu curso é muito prático, ou mais visual? Então, talvez o compartilhamento de tela ou vídeo baseado em slide irá desempenhar um papel importante como mostrar às pessoas como fazer algo.

O seu curso é muito pessoal, emocional ou diretamente relacionado com a sua experiência? Em seguida, compartilhar  tela é uma ótima maneira de se conectar com seu público, construir confiança e relacionamento, e permitir sentir quanto eles sabem sobre você.

Não há resposta certa quando se trata de criar um curso, na realidade, você provavelmente vai usar uma combinação de métodos e variáveis para ajudar os seus participantes realmente compreender o assunto. No entanto, certifique-se que você está realmente pensando sobre o melhor método para partilhar o seu conteúdo … ao invés de apenas supor que algo vai dar certo ( deixe seu ego de lado ).

3. Decida sobre a sua plataforma

A tecnologia parece ser a coisa que assusta a maioria das pessoas quando se trata de montar um curso on-line, mas a verdade é que ela não tem de ser assustadora ou difícil.

Há muitas maneiras que você pode apresentar ou entregar o seu material. Daquelas plataformas que exigem um pouco de conhecimento, até métodos de entrega de cursos via grupos do facebook, você deve escolher o melhor meio.

A gama de opções no mercado no momento permitem que você escolha algo que se adapte às suas necessidades.

Há três principais maneiras que você pode apresentar e entregar o seu curso on-line. Como sempre, há prós e contras de cada método, pense um pouco sobre qual deles pode melhor lhe servir.

Auto hospedado

Um curso auto hospedado é aquela que está hospedado em seu site. Há uma grande variedade de diferentes plugins disponíveis no momento em que permitem que você execute o seu curso diretamente em seu site.

Prós:
Você está completamente no controle de seu conteúdo, o seu material e a maneira de fazer as coisas.

Isto é particularmente importante se você está construindo um campo de assinantes, você vai conseguir ser mais conhecido no seu setor e será fortemente ligado à sua marca.

Contras:
Você precisa ser um pouco mais de conhecimento técnico para esta opção, embora a maioria dos plug-ins novos são bastante amigáveis e simples de utilizar.

Plataformas de aprendizagem online

A plataforma de aprendizagem on-line com suporte é aquele que hospeda o seu curso (alguns exemplos destes são hotmart e monetizze). Estas plataformas permitem que você faça o que você faz melhor, criar conteúdo, enquanto eles tomam o controle de todo o trabalho técnico. Estes serviços cobram taxas por venda realizada.

Prós:
Alguém cuida de toda a tecnologia para você.

Contras:
Taxa de utilização. Embora estas taxas não são grandes, eles são algo que você precisa levar em conta.
O conteúdo não está mais em seu site.

Mercado de conteúdo

O exemplo mais conhecido de um mercado de conteúdo é a plataforma Udemy, embora não seja a única.

Um lugar de mercado de conteúdo é como uma plataforma de aprendizagem on-line em esteroides. Ele não só abriga todo o seu material, mas muitas vezes vai vendê-lo para o seu público sem sua ajuda. Isto pode parecer a solução perfeita, mas há algumas coisas importantes que você deve ter em mente, se você optar por ir nessa direção.

Prós:
Eles cuidam da tecnologia para você.

Eles têm uma base de audiência e de usuário existente.

Contras:
Plataformas como estas muitas vezes têm muito mais controle sobre o seu curso do que você pode gostar.

Por exemplo, Udemy não só tem critérios claros para a forma como você tem que construir o seu curso (incluindo o número de vídeos que você deve ter, o comprimento dos seus vídeos etc. ). Eles também têm uma estrutura de preços muito clara. Eles, muitas vezes colocam o preço do curso como eles entenderem, e vão coloca-lo à venda quando quiserem.

Obviamente, os diferentes lugares de mercado de conteúdo têm critérios diferentes, mas é importante lembrar que você perde um monte de controle sobre o seu curso.

Quando se trata de criar cursos online, não há resposta certa, mas investindo o tempo para pensar sobre estas três etapas principais, poderá te guiar bem o seu caminho.

Você também pode querer após criar seu curso usar algumas estratégias de marketing digital Aqui.

Ou se ainda está indeciso por onde começar, você pode conhecer este curso e adquirir mais conhecimento nesta área de marketing digital.

Deu pra entender um pouco o processo de criar cursos online? Deixe seu feedback abaixo para saber se realmente este artigo te ajudou. 😉

Criei este site com a intenção de mostrar as melhores ferramentas, estratégias, vídeos, dicas e conteúdo sobre marketing digital!